Pastoral Quichua com a Orquestra Sinfônica da Venezuela

A Pastoral Quichua foi a primeira composição do Esteban que divulgamos no Projeto Conexões Latinas. Agora é possível apreciar essa linda música tocada pela Orquestra Sinfônica da Venezuela, com o flautista James Strauss.

Posted by James Strauss on Wednesday, November 29, 2017

Sobre a Orquestra Sinfônica da Venezuela

A Orquestra Sinfônica da Venezuela é uma das mais importantes e, depois da Orquestra de Boston, a mais antiga do continente americano. Foi fundada por um grupo de 26 músicos profissionais, com o convite do maestro Vicente Emilio Sojo em 24 de junho de 1930, por causa da dissolução, em 1929, da União Filarmônica Nacional.

O trabalho da orquestra começou em 1930, atraindo um público aos concertos, com intelectuais, personalidades políticas e músicos. Em 1980 ela ganhou o reconhecimento “Patrimônio Artístico da Nação”. Durante sua longa trajetória, a orquestra já foi ouvida em muitos teatros da Venezuela, incluindo o Teatro Nacional de Caracas, o Teatro Municipal de Caracas, o Acústico Bello Monte, o Aula Magna da Universidade Central da Venezuela, no Poliedro de Caras e realizou uma turnê pelas Américas e Europa na década de 1950.

Na década de 1960 e início da década de 1970, Pedro Antonio Ríos Reyna foi o presidente da sociedade, com a morte de Ríos Reyna, foi oferecido um concerto em 19 de abril de 1973 para celebrar a inauguração de sua nova casa, o Complexo Cultura Teresa Carreño.

A Orquestra Sinfônica da Venezuela mantém um programa de rádio que é transmitido duas vezes por semana através da Rádio Nacional da Venezuela. A orquestra realiza em torno de setenta apresentações ao ano.

 O Projeto Conexões Latinas se orgulha muito da Orquestra Sinfônica da Venezuela estar gravando as obras de Esteban Eitler!

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Orquestra_Sinfônica_da_Venezuela

https://es.wikipedia.org/wiki/Orquesta_Sinfónica_Venezuela

Gravação com a Orquestra Sinfônica da Venezuela com participação do flautista James Strauss
Gravação com a Orquestra Sinfônica da Venezuela com participação do flautista James Strauss

Gravação do CD no Teatro Teresa Carreño em Caracas

Ontem começaram as gravações do primeiro CD do projeto “Conexões Latinas – Revivendo Esteban Eitler – no mais Teatro Teresa Carreño em Caracas, Venezuela. Esse, que é o mais importante teatro do país, abriga nessa gravação a Orquestra Sinfônica da Venezuela sob a batuta do maestro Alfonso Lopez. Com músicos excepcionais , de grande qualidade e com a especial participação do brilhante flautista James Strauss, pesquisador e curador do projeto, as gravações iniciaram com 2 dos Esbozos Bolivianos (Pastoral Quichua e II Leyenda Mitya) entre outros e  nesta terça foi a vez das Aquarelas Bolivianas

Fotos da gravação

Pastoral Quichua (1941)

Esteban Eitler (1913-1960) Pastoral Quichua (1941) Para flauta y Arpa (Baseado en un canto indigena Ecuatoriano) Con Lady Valeria Lucente

Publicado por James Strauss em Quarta-feira, 8 de novembro de 2017